© 2017 por Wanderlei Júnior.

BANDA TONICO DO PADRE

A Banda de Câmara Tonico do Padre é formada por professores da UFG, IFG e Seduce e músicos das Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG) e Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSG).  Seu repertório é totalmente dedicado a compositores brasileiros, dando ênfase aos compositores goianos. Busca-se a sonoridade das bandas antigas de coreto, principalmente da virada do século XIX ao XX, com músicas e arranjos originais desta época, ao lado de arranjos e músicas atuais em performance de alto nível artístico.

Seu nome é uma homenagem ao principal compositor das bandas do Estado de Goiás. Antonio  da Costa Nascimento, conhecido como Tonico do Padre, viveu em Pirenópolis entre os anos de 1837 e 1903. Escreveu grande número de missas e outras peças sacras, além de Quadrilhas de Danças e outras tantas músicas profanas. Belkiss S. Carneiro de Mendonça assim o define:

 

“Tonico do Padre foi um artista na completa acepção  da palavra, pois, além de músico, era escultor e pintor. De gênio difícil, intratável mesmo, deixou, no entanto, uma contribuição enorme para o patrimônio cultural do Estado. (...) Dirigiu a Banda Euterpe  e, para serem por ela executadas, compôs várias músicas. (...)Seu estilo é próprio e inconfundível. Sistemático e exigente , seus companheiros de trabalho (...) tinham por ele admiração e respeito, inclusive pela maneira como conduzia a banda (Euterpe), procurando a melhor execução possível.”